Categorias



Opções de lazer e entretenimento para usufruir em Jaraguá do Sul

14/12/2018 - Publicado por: Rogério Tallini - Categoria: Turismo - Tags: turismo opcoes verao lazer pontos turisticos

Para os que pretendem passar as férias de verão, ou pelo menos parte desse período no Vale do Itapocu, a Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, propõe uma série de sugestões para tornar esses momentos agradáveis e prazerosos.
São inúmeras as opções de lazer e entretenimento disponíveis, seja motorizado, pilotando uma bicicleta, ou mesmo aderindo a uma caminhada relaxante ao ar livre. Estar aberto a novas experiências e usar de criatividade para vivenciar o inusitado são iniciativas que podem proporcionar momentos inesquecíveis.
Visitar lugares e edificações de valor histórico, espaços culturais, atrativos naturais e regionais também pode ser uma boa pedida.



Gastronomia diversificada

É impossível permanecer em Jaraguá do Sul e não conferir as inúmeras opções disponibilizadas em restaurantes, bares e similares. A diversidade étnica da cidade, composta por afrodescendentes, dos que têm origem alemã, italianos, polonesa e húngara, resulta em uma deliciosa e variada gastronomia. A vocação cervejeira também se faz presente: hoje o município conta com sete microcervejarias artesanais para todos os gostos.




Calendário de eventos
Outra dica indispensável é conferir dados, indicativos e o calendário de eventos programado para o período, que contempla manifestações e festividades das diversas etnias formadoras do município. Essas e muitas outras informações podem ser acessadas nos sites da Prefeitura, http://www.jaraguadosul.sc.gov.br/ e turismo.jaraguadosul.sc.gov.br, que trazem os serviços durante o período de recesso e férias, com datas e horários de funcionamento dos espaços a serem visitados. A seguir alguns roteiros sugeridos pela Diretoria de Turismo:

Turismo religioso
Ao chegarem pela primeira vez em uma cidade, muitos mantêm o hábito de visitar uma igreja. Mas e se você tivesse a sugestão de 30 templos para conhecer? Esse foi um dos trabalhos realizados pelo Grupo de Turismo Religioso, iniciativa pioneira da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio da Diretoria de Turismo. O Guia de Atrativos Religiosos foi lançado em setembro com essa intenção, de orientar os que buscam um roteiro para reforçar a fé. O impresso traz 30 edificações, católicas e luteranas, escolhidas por critérios de relevância histórica, arquitetônica e de manifestações religiosas. A distribuição é dirigida e a divulgação já ultrapassou as fronteiras do Estado. A revitalização do Oratório de São Valentim de Terni, no bairro Tifa Martins, também passou a atrair devotos. Entre os locais preferidos pelos romeiros está a igreja Nossa Senhora do Rosário, em Nereu Ramos, onde está sepultado o Servo de Deus Padre Aloísio Boeing, com processo de beatificação em andamento. O roteiro do Padre Aloísio inclui o Noviciado Nossa Senhora de Fátima, na Barra do Rio Molha, fundado por ele, e o Seminário Sagrado Coração de Jesus. Outro cartão postal da cidade é a Chiesetta Alpina, capa do Guia de Atrativos Religiosos, localizada em altitude de 570 metros e que é avistada de diversos pontos de Jaraguá do Sul.



Museus: passado e presente

Visitar museus é valorizar o legado dos antepassados, ao mesmo tempo em que se agrega conhecimento sobre o que é culturalmente relevante nos dias de hoje. Em pleno Calçadão da Avenida Marechal Deodoro da Fonseca está o Museu Histórico Municipal Emílio da Silva, no prédio da década de 1940 que já sediou a Prefeitura e o Fórum. Lá é possível conferir o passado da colonização, através de fotografias, documentos, equipamentos e demais objetos que resgatam outros tempos. No térreo há uma sala temática com móveis e utensílios do patrono, o historiador Emílio da Silva.  




No Centro Histórico da Avenida Getúlio Vargas, no entorno da extinta estação de trem - onde a cidade começou e alavancou seu progresso - estão inseridos o Mercado Municipal, o Museu da Paz e a Biblioteca Municipal Rui Barbosa.  Lá encontramos o Museu Weg, próximo à Câmara de Vereadores, que faz um retrospecto dos primeiros tempos do Grupo Weg, acompanhando e contextualizando os avanços relacionados com a eletricidade e as novas tecnologias. Já o Museu da Paz fica no antigo prédio da estação ferroviária, em frente ao Terminal Urbano de Passageiros.








Já o Museu Wolfgang Weege fica no Parque Malwee. Recentemente revitalizado, apresenta máquinas industriais, equipamentos de escritório, numismática, utensílios e adornos indígenas, exposições temporárias, relógios, mobiliário, bicicletas antigas e embarcações. Referência em lazer, atividades ao ar livre e ideal para um divertido piquenique, ou à contemplação de suas belezas naturais, o Parque Malwee dispõe de dois restaurantes, dos quais um oferece culinária típica alemã.


Outros espaços disponíveis
Vale a pena levar a criançada para usufruir a área externa do Ginásio Arthur Müller, na Rua Presidente Epitácio Pessoa, na área central. Outra opção é a pista de atletismo, no bairro Tifa Martins. No Centro Cultural da Sociedade Cultura Artística (Scar), no Czerniewicz, o estacionamento utilizado para patinação, ou manobras de skate. Ali também tem um parquinho infantil para alegrar a criançada.



Rio da Luz

Pedalar pelo bairro Rio da Luz – recanto tombado pelo Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), por manter suas características relacionadas à imigração alemã, também é ótima dica. É a maneira ideal para observar pequenos detalhes que tornam o lugar singular. Uma das atrações é a Casa Rux, edificada em 1915 na técnica construtiva enxaimel, localizada na estrada da margem direita do Rio da Luz, na rua Erwin Rux, número 663. Desde setembro o local aderiu ao acolhimento turístico, com loja de produtos coloniais e museu de ferramentas. Abre à visitação de terça a sábado, das 8h às 11h30, e das 13h30 às 18h. Os ingressos individuais custam R$ 5, que podem ser utilizados em produtos à venda. Contatos no (47) 3371-8364 e 98447-5810  (Whats App).

 

Morro Boa Vista

Adeptos do turismo de aventura podem se sentir desafiados a subir o Morro Boa Vista até a Chiesetta Alpina, ou até a rampa de voo livre. Será preciso vestir roupa e calçado confortáveis, carregar água, protetor solar e repelente na mochila. A jornada que leva ao ponto mais alto da cidade exige preparo físico e disposição. A recompensa será a visão panorâmica de Jaraguá do Sul, inigualável!





Liberdade para pedalar

Transitar pelas ruas, ciclovias e ciclofaixas, sem nenhum compromisso com a hora, deixando o vento soprar e as ideias livres, longe do estresse do dia a dia. Essa é apenas uma entre as muitas possibilidades aos que apreciam andar de bicicleta e relaxar durante as férias. Nunca é demais lembrar que ciclistas equipados têm mais segurança ao circularem pelas vias da cidade.






 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000